Afinal, vender semijoias pode dar dinheiro?

/
/

Em um período de recessão econômica, conseguir uma grana extra pode ser de grande ajuda. E se você é uma pessoa que busca uma ideia para ter um negócio lucrativo, caiu na matéria certa, a dica para você é: vender semijoias.

Encontrando a empresa certa, a possibilidade é de lucrar até 100%. Como é o caso de quem revende a Laab Acessórios. Primeiramente, vamos entender como tudo funciona. O Mulher Conectada, claro, foi atrás da dupla de amigas que está à frente desse negócio que é pensado por mulheres, para mulheres.

Camila Marcatte, uma das sócias, explica que a semijóia é um excelente produto para quem deseja empreender. Isso porque se trata de algo que desperta o desejo entre as mulheres. “É um produto com preço acessível e democrático, do mesmo modo que diversifica, diariamente, a composição de diferentes looks”.

Por ser um objeto de desejo e não de necessidade, a mulher sempre quer mais. “Nunca uma mulher vai ter só um brinco bem como um colar. É sempre mais de um item o que torna a compra da semijoia algo recorrente. É uma venda fácil”.

Vantagens de vender semijoias

Para Natália Neves, também sócia da Laab, trata-se de um negócio promissor. “A mulher quer estar sempre na moda, usando peças que estão em alta, sem deixar as atemporais de lado. Por isso, é bom investir nas semijoias. Primeiro porque as clientes estão em nosso ciclo social mesmo, amigas, família, colegas de trabalho”.

A partir daí, torna-se mais simples tocar o negócio. “Você mesmo faz os seus horários, decide se irá vender online, se irá visitar as clientes. Hoje em dia temos as redes sociais que são ótimas para vender. São vários canais de venda. As semijoias enchem os olhos de quem as vê, então uma foto bacana por si só, vende o produto”.

Vantagens de revender Laab – Lucro de 100%

A revenda das semijoias Laab trazem inúmeras vantagens. “A gente sempre sugere um preço de venda para o varejo. E a vendedora, no volume de atacado, tem um desconto de 50%, ou seja, ela pode lucrar, no mínimo, 100%”, explica Camila.

A estimativa da empresa é de que a revendedora comece a ver lucro em 20 dias. “Geralmente, nossas parceiras começam a ter retorno de venda em 15 dias. Na primeira quinzena, já vende de 20 a 30% de seu estoque. Se a revendedora fizer um bom trabalho de divulgação, no primeiro mês, ela começa a ter retorno de investimento”.

E a empresa mantém todas as suas parceiras assistidas. “A marca Laab foi fundada por duas mulheres empreendedoras e trabalhamos com mulheres também. O estúdio da Laab é em BH. As joias são diferenciadas e com preço acessível. Trocamos 15% das peças que nossas revendedoras não venderem. Disponibilizamos catálogos com fotos em boa qualidade de todas as peças. Além disso, damos garantia vigente enquanto aquela revendedora for nossa cliente, além de consultoria de vendas”, conclui.

Como vender semijoias da Laab?

Em conclusão: não perca tempo e comece a revender. Basta acessar o instagram na Laab clicando AQUI, ou chamar a equipe no WhatsApp clicando AQUI.

Leia também: Investir em semijoias: um passo para o consumo sustentável.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

4 Comments

  1. Concordo plenamente, quando se fala em semijoias ou bijuterias, a gente sempre quer mais. Minha paixão por exemplo, é brincos. Tenho mais de cinquenta e consigo usar todos em diferentes ocasiões, haha.
    Gostei bastante de conhecer a marca Laab, sei que esse negócio é lucrativo por que minha mãe já vendeu, assim como várias amigas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar