Surgido na Europa e bastante comum em países frios, os jardins de inverno, pequeno espaço planejado com plantas características, traz um charme incrível para a casa, além de torná-la mais fresca, úmida e aconchegante. Se você sonha em ter um, esta matéria é para você. Saiba tudo que é preciso para render aos encantos do jardim de inverno.

Como o jardim de inverno fica dentro da casa, geralmente eles são feitos de duas formas: com um vão aberto no teto, para que as plantas possam receber luz, ventilação e, em alguns casos, água da chuva. Esse modelo é ideal para quem deseja criar plantas altas. E em outros, sobre alguma cobertura transparente, como o vidro, que também permite a passagem da iluminação.

O seu jardim de inverno pode ficar no local que desejar. Em algumas decorações, ele pode ser encontrado no quarto e até mesmo no banheiro, mas a nossa dica é cultivá-lo no ambiente de estar da família, como a sala, pois eles detêm o poder de tranqüilizar e harmonizar o ambiente.

Esses tipos de jardins variam de tamanho. Eles podem ser pequenos e aconchegantes, utilizando-se plantas envasadas. Mas há jardins bem elaborados, com aquários e mini lagoas, trabalho em pedras e muitos outros detalhes. Para quem deseja algo mais grandioso, indicamos a contratação de uma empresa especializada.

Para criar um ambiente bem aconchegante, decks de madeira, bancos, futons e redes de balanço podem ser utilizados. Mas, se não há tanto espaço na sua casa, calma. O jardim pode ser adaptado debaixo da escada, ou em algum espaço adaptado. Há empresas que criam projetos de arquitetura para jardins de inverno verticais.

Por serem criadas para ambiente interno, as plantas devem gostar de sombra ou meia-sombra. Muitas são as opções: Samambaia,  Orquídea, Espada-de-São-Jorge, Pacová, Palmeira Rafis, Zamioculca, Bromélias, Suculentas e outras. Deixamos vocês com algumas inspirações, olha só: