Com o passar dos tempos, casas e apartamentos vão ficando cada vez menores. Para que isso não seja um problema, é preciso criar alternativas a fim de aproveitar melhor o espaço. Um bom planejamento e algumas técnicas podem auxiliar nessa hora e até fazer o ambiente parecer maior. O Mulher Conectada conversou com a arquiteta da Go Up Arquitetura, de São Paulo, Juliana Silva sobre o tema.

A especialista começa dando a dica de um ótimo aliado na hora de ampliar o ambiente: os espelhos. Segundo ela, o ideal é investir em locais onde é possível replicar a imagem por completo e que não existam muita poluição visual. “Por exemplo, para estender e ampliar a linha de uma bancada ou mesa de jantar, em um corredor, ou até mesmo espelhando alguma vista interna”, explica ela que acrescenta que, se usado no lugar errado, o espelho pode dar a sensação contrária, proporcionando um ambiente ainda mais desorganizado.

casa com espelhos

Espelhos podem dar a sensação de que o ambiente é maior

Juliana acrescenta que o melhor para organizar o ambiente e ter a sensação de mais espaço é adotar ao minimalismo. “Evitar poluição visual, excesso de adornos e investir em caixas decorativas como um ‘fake book’ onde podem ser colocados os objetos menores que ficam espalhados pela casa”.

Outra solução que, segundo a ela, traria a ideia de mais espaço a médio prazo e que necessita de maior investimento é a marcenaria sob medida. “E quando eu falo sob medida, não digo móveis planejados que são executados em série, mas sim, naquele móvel projetado nos detalhes para atender as necessidades de sua casa, do seu dia a dia. Como onde colocar sua sacola de compras, chaves e bolsa aí chegar em casa, onde organizar envelopes e correspondências, objetos de home office ou do dia a dia”.

casa com decoração minimalista

Decoração minimalista podem ampliar o espaço

A arquiteta adiciona que um planejamento pode ser uma boa saída para a ampliação do espaço e que essa organização deve ser feita a partir de um diagnóstico de necessidades dos clientes, para fazer um projeto de arquitetura. “Aí, entra uma conversa profunda sobre o ambiente como está hoje e quais os desejos de quem vive ali. Essa etapa, chamamos no nosso escritório de briefing”

Depois disso, um projeto é feito para planejamento de intervenções. “Nele podem ser propostos o remanejamento e reforma de alguns móveis existentes, como podem ser propostos novos mobiliários e até intervenções de reforma, como troca de iluminação, cores e revestimento. Tem solução para todos os bolsos e estilos, por isso no briefing, além de falarmos sobre necessidades é muito importante tratar de expectativa de investimento”.