Qual é o segredo da felicidade? Para muitos, essa é uma pergunta difícil de responder. Mas uma pesquisa feita pela OnePoll UK, US & International research, tem uma solução bem simples para a questão: beber água. Os resultados colhidos pelo estudo apontaram que os adultos que bebem bastante água, tem três vezes mais chances de se sentirem muito felizes. Além disso, 67% dos entrevistados na análise que disseram se hidratar “mais que o suficiente” avaliaram a si mesmos como “muito felizes”, enquanto que 21% dos que disseram não beber água o suficiente também relataram não estar muito felizes.

Os dados ainda indicaram que os que disseram beber 10 ou mais copos de água por dia se mostraram mais propensos a ser muito felizes, enquanto que os que não bebem água todos os dias se classificam como “não muito feliz”. A pesquisa ainda mostrou o índice de energia das pessoas mais hidratadas. 82% dos que bebem mais de 10 copos de água por dia se classificaram como “muito energéticos” e 67% “muito bem-sucedidos”.

A importância da hidratação do nosso organismo, no entanto, vai muito além da hidratação. Segundo a nutricionista Babi Soares, tomar água é um cuidado com a limpeza, higiene e bem-estar do nosso corpo. “Qual a importância do banho? Nós aprendemos que devemos nos limpar diariamente, e é exatamente o mesmo com a parte interna. A água é fundamental para reidratar nossas células e promover o bom funcionamento dos nossos órgãos”.

Ela adiciona que a necessidade da água vai muito além da sensação de sede. “Sentir fome também pode ser um indicativo de desidratação. Se você almoçou, por exemplo, e depois de algumas horas sentiu fome, acredite: seu corpo quer um – ou mais – copo de água. Outro ponto muito importante que deve ser observado é a parte externa do teu corpo: pele ressecada, pés ressecados e acne podem ser indicativos de desidratação”.

A desidratação pode trazer consequências ao nosso organismo. “Elas podem vir a curto, médio e longo prazo. A princípio, podemos destacar a falta de disposição, dores de cabeça e dificuldades para ir ao banheiro. Em seguida, o indivíduo pode evoluir para problemas intestinais graves e também complicações nos rins – órgão responsável pelo processo de filtração do nosso sangue –, que podem levar a cirurgia e causam bastante dor”.

A quantidade de água necessária para cada pessoa varia de pessoa a pessoa, mas a recomendação da OMS é a de que devemos ingerir de 2 a 3 litros de água diariamente. “Alguns fatores podem influenciar, como a alimentação, exercícios físicos e o estado de saúde do indivíduo em geral. Obviamente atletas de alto rendimento deverão ingerir muito mais”, explica a nutricionista.

Ela explica uma recomendação específica para adultos saudáveis. “A pessoa deve multiplicar de 30 a 35 ml pelo peso corporal (em kg) e o resultado será a quantidade ideal para você. A exemplo: se ela pesa 69kg, deverá multiplicar seu peso por 30ml, o resultado será 2.070 ml que é a quantidade ideal para essa pessoa”.

A nutricionista finaliza dando dicas de como criar o hábito de beber mais água. “A forma mais simples, até clichê, é andar sempre com uma garrafinha. Além disso, alguns aplicativos ajudam os usuários a lembrarem que devem beber água. A pessoa também pode criar alarmes específicos no celular para isso. Mas sempre oriento meus clientes a começar aos poucos. Tomando 2 copos de 200 ml pela manhã, 3 ou 4 à tarde e 2 à noite. Fracionar o consumo de água pode ajudar a criar o hábito num primeiro momento”.

A quantidade vai aumentando gradativamente. “600 ml por dia está ótimo na primeira semana e então, a cada semana, a pessoa deve ir aumentando até chegar na quantidade de água ideal, de acordo com a demanda de atividades que seu corpo desenvolve durante o dia”, conclui.