Afinal, a maquiagem prejudica a pele?

/
/

Ela está presente no dia a dia de quase todas as mulheres no mundo. O consumo da maquiagem é tão grande que o mercado da beleza apresenta números gigantescos de faturamento e expansão. Mas será que a maquiagem prejudica a pele? O Mulher Conectada foi atrás da resposta e conversou com o dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Lucas Miranda, sobre o tema.

A maquiagem está presente no dia a dia de toda a mulher. Mas será que o uso contínuo pode fazer mal a pele? Chamamos um especialista para responder.

Segundo ele, há alguns anos, era comum acreditar que a maquiagem prejudica a pele. “Espinhas, oleosidade, acnes e envelhecimento precoce eram quase que uma sentença para as que usavam desses artifícios para esconder alguma imperfeição. Mas, atualmente, o mercado tem ofertado vários produtos com princípios ativos que, ao invés de mal, ajudam a tratar a pele, como clareadores, hidratantes, secativos, proteção solar e até anti-idade”.

Ele adiciona que não devemos usar qualquer tipo de produto, mas que mais importante que a marca escolhida, é fundamental saber a composição e principais ativos de cada cosmético. “Derivados o petróleo, como parafinas e petrolados devem ser evitados. Isso porque esses componentes obstruem os poros, causando acne e envelhecendo precocemente a pele. Outros compostos também devem ser evitados como parabenos, chumbo, talco e corantes sintéticos”.

Quando a maquiagem prejudica a pele?

O dermatologista explica que a pele precisa de uma rotina de cuidados. “É importante que esse ritual – sabonete específico, tômico, hidratante, protetor solar -, seja feito diariamente. Depois de realizar todas essas etapas, a maquiagem pode ser usada com segurança”.

Aplicar a maquiagem na pele sem esses cuidados pode ser prejudicial. “Precisamos ofertar ao maior órgão do corpo humano a hidratação necessária. Cremes de tratamento existe, justamente, para isso”.

Outro erro gravíssimo que faz com que a maquiagem prejudique a pele é dormir sem retirá-la. “Outro erro gravíssimo que faz mal à pele é dormir sem retirar a maquiagem do rosto. Esse hábito pode causar vários problemas como, por a perda do viço, o aumento da sensibilidade, o envelhecimento precoce por conta do ressecamento, além do surgimento de cravos e espinhas”.

Cuidados com a pele

Para não chegar ao ponto em que a maquiagem prejudica a pele, o especialista cita alguns hábitos que devemos. Ele elucida que esses cuidados devem ser antes e depois do uso da maquiagem.

Durante o dia: Lavar o rosto com sabonete específico para seu tipo de pele; usar o tônico para equilibrar o PH cutâneo; aplicar o creme hidratante e/ou de tratamento; protetor solar; maquiagem. 
À noite: Retirar a maquiagem antes de dormir; algodão com demaquilante ou solução micelar; sabonete indicado para seu tipo de pele; tônico para equilibrar o PH da pele; hidratante e/ou creme de tratamento.

Leia também: Efeito rebote: o que fazer quando a pele reage mal ao produto?

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar