De quanto em quanto tempo você costuma lavar o sutiã?

/
/

O sutiã é uma peça importante para a sustentação e proteção dos seios. Contudo, a peça que, para muitas mulheres é essencial, pode prejudicar nossa saúde quando não higienizada corretamente. Você costuma lavar o seu sutiã?

O mercado de moda íntima tem crescido e, a partir disso, novas peças em diferentes formatos são ofertadas no mercado. A lingerie está cada vez mais democrática, mas de nada adianta se a peça prejudicar nossa saúde, certo? O Mulher Conectada conversou com a ginecologista da Clínica Penchel, Thaylise Martins sobre o tema.

Em primeiro lugar, a especialista explica sobre a relação da transpiração com a sujeira do sutiã. Segundo ela, o suor cria um ambiente favorável ao acúmulo de fungos e bactérias, pois contém nutrientes para que esses seres se proliferem. “Nossa pele é coberta por diversas bactérias boas e ruins, e elas podem se acumular em qualquer peça de roupa, toalha, lençóis e, principalmente, roupa íntima”.

De quanto em quanto tempo lavar o sutiã?

O tempo entre uma lavagem e outra varia por dois fatores. “Depende do tipo de tecido e da transpiração de cada mulher. Geralmente deve ser trocado diariamente, mesmo que não seja lavado. No caso de dias mais gelados, pode-se usar por dois dias e depois lavar. Mas em dias quentes, a mulher deve lavar diariamente para não acumular resíduos e excesso de suor”.

Como lavar o sutiã?

Na hora de lavar o sutiã, alguns produtos específicos para eliminar bactéria podem danificar o tecido da peça. Além disso, nem sempre eles acabam com os fungos. “Porém, a dica que eu dou é lavar somente a mão, deixando de molho por 10 minutos em sabão líquido sem corante e perfume. Ademais, a pessoa não deve torcer o sutiã e o ideal é deixa-lo secar na sombra. Por último, deixar a peça descansar um dia após a lavagem e só aí estará apto para uso novamente. A mulher também deve seguir as orientações de lavagem do fabricante”.

Consequências de não lavar o sutiã

A higienização incorreta pode ter consequências. “Além do odor desagradável, o contato com o sutiã pode gerar dermatites, micoses, coceiras e reações alérgicas. É importante lembrar que o sutiã deve ser trocado a cada 2 ou 3 anos. E a calcinha, anualmente. Assim, a pessoa sempre vai ter uma peça limpa e saudável”.

Leia também: Dormir sem calcinha faz bem pra saúde? Especialista responde

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar