A TPM pode ser incapacitante quando apresenta diversos sintomas. No Brasil, estima-se que 80% das mulheres sofram com o problema. Com o objetivo de amenizar o quadro, a homeopatia, forma de terapia alternativa pseudocientífica, tem sido utilizada por alguns médicos. Conversamos com o farmacêutico homeopata, Jamar Tejada sobre o tema.

Ele explica a homeopatia valoriza a pessoa como um todo e não apenas os sintomas da doença. “Ela trata o doente e não a doença. O método tem como propósito não apenas o alívio dos sintomas da doença, mas a cura e sua resposta é rápida, sem efeitos colaterais, sem risco de causar intoxicação ou interação medicamentosa e duradoura”.

Segundo o especialista, na homeopatia é possível modular os aspectos emocionais, que não tem tratamento na medicina tradicional, mas que interferem diretamente na manifestação das doenças, como nas alergias. “Quando pensamos em tratar a TPM pelo método homeopático devemos pensar na totalidade de sintomas que estão relacionados com a taxa hormonal feminina, esses sintomas se manifestam pouco antes da menstruação e devem desaparecer com ela”.

homeopatia-tpm

Ele adiciona que cada mulher reage a TPM de uma forma.  “Algumas tem crises de choro, outras se sentem irritadas, angustiadas, sofrem com ansiedade, insônia, entre outros tantos sintomas. Por isso ao se tratar os sintomas da TPM através da homeopatia devemos tratar cada paciente com sua individualidade, em cada sinal que ela traz, individualmente, já que não existe uma fórmula única para a TPM”.

Se a medicação homeopática for prescrita de forma correta, os sintomas podem melhorar no mesmo dia. “O tratamento sempre começa com a administração da primeira dose homeopática, que já inicia seu efeito terapêutico tão logo é tomada. Dependendo o estado da gravidade do sintoma que está sendo tratado, e do estado da vitalidade do paciente, sua força vital, podemos ter uma melhora mais rápida ou mais lenta”.