Explante de silicone: entenda como funciona a cirurgia de retirada da prótese

/
/

Victoria Beckham, Evelyn Regly e Amanda Djehdian. Sabe o que essas três figuras públicas tem em comum? Todas elas passaram pela operação de explante de silicone, ou seja, retiraram a prótese dos seios. A cirurgia tem sido cada vez mais comum e para falar sobre ela o Mulher Conectada convidou o cirurgião plástico, Victor Cutait.

Ele explica que o explante de silicone é feito, normalmente, na mesma incisão em que a prótese foi inserida. “No momento de fazer o explante é necessário moldar a mama, já que ao ser retirada a prótese, ela pode ter um formato não muito harmônico”.

Por isso, na hora do explante verifica-se se o corpo terá uma reestruturação natural ou se é necessário fazer uma mamoplastia junto com o explante de silicone. “Nesse caso, pode-se usar enxerto de gordura, se necessário, para corrigir alguma deformação”.

O especialista adiciona que o recomendado é que a operação seja feita por um cirurgião plástico. “O profissional deve ser certificado. Apenas ele poderá analisar a técnica para decidir o melhor resultado e reconstruir devidamente a mama”.

Quando fazer o explante de silicone?

Victor adiciona que toda cirurgia deve ser feita com cautela e responsabilidade. “O explante de prótese de mama é uma cirurgia simples e superficial, não envolve órgãos vitais, mas nem por isso deve ser menosprezada. É fundamental operar com um cirurgião plástico especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica”.

Ele adiciona que é imprescindível que a cirurgia ocorra num ambiente adequado. “Além disso, que seja feita apenas na pessoa cuja saúde esteja em condições plenas. Cumprindo esses pré-requisitos a cirurgia torna-se bastante segura”.

O explante de silicone é indicado quando há contratura, que é uma inflamação na região mamária causada pela prótese. “O problema é benigno e os sintomas são rigidez da prótese, podendo evoluir para deformação da mama e dores na região”.

O cirurgião adiciona que o indicado é a retirada no início da inflamação e a solução é a troca do silicone ou retirada permanente. “A contratura pode acontecer de 1 a 3% das mulheres com prótese, e a possibilidade aumenta a partir de 10 anos com a mesma prótese”.

O explante também é indicado quando a paciente está infeliz com o resultado da cirurgia. “Por exemplo o tamanho e o formato da mama – nesses casos, retirando a prótese podemos diminuir e remodelar para tentar atender a essa nova necessidade da paciente”.

Popularização do explante

O especialista explica que até a década de 80 a cirurgia plástica era basicamente a redução de mama. “Já na década de 90 e 2000 popularizou o procedimento para inserir próteses”.

Em 2010, segundo ele, seguiu uma média maior de implantes e só agora em 2021 aumentou o explante. “Se compararmos, a quantidade de implante é maior, mas vimos um aumento da procura do explante. Um dos motivos para o aumento das buscas por explantes é que algumas mulheres se arrependem do silicone muito grande e outra causa é a moda”.

Ele explica que já houve o corpo tipo ‘Panicat’ como padrão de beleza e hoje isso está em declínio. “O volume das próteses começou a ficar mais proporcionais ao corpo. Mas hoje há buscas por próteses de todos os tamanhos e também explantes, diferentemente do que acontecia uma década atrás quando predominantemente havia maior procura por próteses grandes”.

Em conclusão, ele explica que, atualmente, o mais importante na cirurgia de mama é atender a vontade da mulher – não existe mais um padrão definido. “Há pacientes que querem a mama grande, outras que preferem pequenas . Mas o mais importante de tudo isso é que a mulher esteja feliz com o seu corpo, se aceite e se ame”.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

1 Comments

  1. Vi que agora muitas mulheres tem optado pelo explante, acho que se alguns anos atrás eu tivesse colocado silicone provavelmente também teria feito o explante.
    Inclusive tem um IG com vários relatos, nunca me senti tão feliz por ser medrosa.
    Amei o post

    Beijinhos
    Renata

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views :