6 dicas práticas para se vestir bem

/
/

É muito comum termos dúvidas na hora de compor um look. As vezes temos opções demais ou de menos no nosso guarda-roupas. Isso acontece com você? Fique tranquila, se vestir bem é mais simples do que parece. O Mulher Conectada reuniu 5 dicas práticas para te ajudar a fazer as pazes com suas roupas.

Defina seu estilo para se vestir bem

Já falamos aqui sobre os 7 estilos universais e a importância de saber o seu. Muito além de usar uma roupa bonita, se vestir bem é estar confortável. Em primeiro lugar, saber seu estilo pessoal te ajudará a transmitir quem você é através do look que você usa. Consequentemente isso vai te deixar mais a vontade com a roupa que escolher.

Autoestima em primeiro lugar

Não adianta escolher a roupa mais bonita e se vestir bem se você não gostar do que vê no espelho. Busque cuidar de você. Pratique o autocuidado mental e físico. Hidrate o cabelo, a pele faça exercício físico, tenha uma dieta balanceada e busque coisas para estar bem com a mente, como uma terapia.

Invista em roupas de qualidade

Para se vestir bem, não é preciso comprar apenas peças caras, pelo contrário. Mas é importante investir seu dinheiro em peças de qualidade. Opte por peças forradas e com bom acabamento. Buque saber a procedência da roupa que você compra.

Conheça e saiba combinar as cores

Ter cores no armário pode ser uma ótima opção para inovar e se vestir bem. Mas para isso é importante saber combiná-las. O primeiro passo para isso é conhecer o círculo cromático das cores. A partir dele há três maneiras de combinação: triádica, complementar e análoga.

Invista em acessórios

Muto além da roupa, os acessórios são essenciais na hora de se vestir bem. Eles detém o poder de dar um up em qualquer composição e elevar o mais básico a algo extremamente estiloso. Mas é preciso cuidado. Para além disso, invista seu dinheiro em acessório de qualidade. Neste caso, semijoias podem ser um ótimo investimento.

Não compre por impulso

Isso mesmo! As vezes vemos uma peça e ficamos simplesmente apaixonadas. Em conclusão: comprá-la no impulso pode ser um erro. Sempre se questione: “Preciso dessa roupa agora?”, “Essa peça está dentro do meu estilo pessoal?”, “No meu closet há peças que combinam com essa que desejo comprar?”.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar