Autossabotagem: saiba como parar de se boicotar

/
/

Você coloca empecilhos no seu próprio sucesso? A autossabotagem é mais comum do que pensamos. O ato de boicotar nossos próprios projetos, pode fazer com que a gente conquiste o oposto dos nossos desejos. Para entender melhor como driblar isso, o Mulher Conectada conversou com a psicóloga Carmen Adell, que atua na Camila Fontes Clínica Integrada.

Ela explica a definição de autossabotagem. “Trata-se da capacidade de criar barreiras e obstáculos que impedem a conquista do que almejamos para nos tornarmos pessoas realizadas”.

A especialista acrescenta que, muitas vezes, nos tornamos autossabotadores sem nem perceber. “Quando alimentamos pensamentos, sentimentos e comportamentos negativos de forma recorrente. O problema acontece quando fazemos deles uma constante em nossa vida”.

Por causa disso, também não compreendemos quando as pessoas se afastam de nós, estagnamos na carreira ou não conquistamos os resultados que desejamos. “As pessoas se autossabotam porque não se valorizam nem assumem a responsabilidade por suas ações. Não reconhecem as suas habilidades, competências e talentos e só focam nos defeitos, dificuldades e erros”.

Reconhecendo a autossabotagem

Carmen explica que quando falamos desse processo, observamos que nossas inseguranças, medos e ansiedade se tornam protagonistas da nossa história. “Sendo assim, de uma maneira geral, temos atitudes que são capazes de destruir ou descontinuar as conquistas e sonhos que tanto queremos em nossas vidas”.

Além disso, criamos dúvidas sobre nosso merecimento e sobre as nossas habilidades nos mais diversos setores da vida. “Na autossabotagem, forma-se um padrão de pensamentos que faz com que aceitemos e nos tornemos cada vez mais inseguros. Com isso, acabamos com frequência, nos depreciando e confirmando tudo isso por meio de diálogos internos negativos e intensamente autocríticos”.

Para quebrar esse ciclo, é preciso olhar para a própria vida, comportamentos e resultados e refletir: gosta do que vê? “A pessoa precisa entender que pode e merece mais. Para isso, entretanto, é preciso mudar a forma como pensa sobre si mesmo, mudar a forma de agir e passar a se relacionar de maneira mais positiva com o ser humano que é”.

Em conclusão, ela explica que o essencial é entender o porque de se trata tão mal e o motivo de existir uma baixa autoconfiança. “A pessoa deve refletir o porquê de tanto medo, da falta de disciplina e foco. Além disso, pensar o motivo de não conseguir ter atitudes diferentes em relação à própria vida. Sabotar-se é deixar de fazer o que precisa ser feito e cultivar desculpas ao invés de sonhos realizados e grandes resultados”.

Leia também: 10 passos para alcançar metas

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views :