Páscoa chegando: afinal chocolate faz mal à pele?

/
/

Você sabia? O Brasil ocupa o 5° lugar de vendas de chocolate no mundo. Por ano, cada brasileiro consome cerca de 2,6 quilos de chocolate – eu acho, inclusive, que como mais que isso (risos). Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB).

Mas, enquanto para uns o chocolate é puro prazer, para outros, ele é considerado vilão. É que muita gente acredita que o doce faz mal à pele. Com a páscoa chegando, o Mulher Conectada correu para desvendar o mistério: o chocolate prejudica ou não a nossa derme?

Segundo a dermatologista Flávia Villela, o consumo em excesso pode aumentar o aparecimento da acne em pessoas que já possuem pré-disposição para a doença. “Por ter um alto índice glicêmico, o chocolate estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas. O aumento da oleosidade ocorre devido a um pico de insulina, responsável por levar o açúcar para dentro da célula”, explica.

A médica ressalta que o problema não é o cacau e sim o açúcar contido nas diversas opções disponíveis no mercado. “O cacau é fonte de energia e possui benefícios para a saúde. O consumo de alimentos com cacau, como chocolate meio amargo ou amargo, protege o coração, auxilia na circulação sanguínea, melhora o HDL (bom colesterol), tem efeito antioxidante, bem como anti-inflamatório. Além disso, relaxa e proporciona sensação de bem-estar”, informa Flávia.  

chocolate

Como consumir o chocolate sem prejudicar a pele?

Para quem tem acne, a recomendação é o consumo do chocolate amargo ou meio amargo e em pequenas quantidades (13g ou 4 quadradinhos). ‘Se a pessoa não conseguir deixar de saborear o chocolate ao leite e a acne piorar, uma dica é associar o consumo a tratamentos dermatológicos”.

Ela adiciona que existem tratamentos que podem ser feitos em casa. “Com vários produtos para uso tópico e produtos de uso sistêmico, como antibiótico, bem como outras medicações ingeridas via oral. Também há diversas tecnologias em consultório que podem ajudar a melhorar a acne”.

Flávia alerta que a automedicação não é recomendada. “É importante sempre procurar um médico especialista porque o uso do chocolate pode provocar vários tipos de acne, em vários graus, e cada um tem um tipo de tratamento”, finaliza.  

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

1 Comments

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views :