Dieta afrodisíaca: opções naturais para aumentar a sua libido

/
/

Diversos fatores podem levar a diminuição do desejo sexual, como oscilações hormonais decorrentes da menopausa, cansaço, estresse e até uma refeição muito pesada podem interferir tanto na vontade de fazer sexo quanto na capacidade do organismo de garantir uma boa performance. Para “apimentar” a relação, homens e mulheres procuram alimentos ditos especiais para aumentar o desejo sexual, e de fato existem alguns nutrientes presentes em certos alimentos que aumentam e estimulam a libido.

Muitas pessoas acabam optando por alguns medicamentos sintéticos, indicados para o tratamento da disfunção sexual, mas, segundo o médico e proprietário do Instituto Lessa, Paulo Lessa, isso pode ser um perigo, pois esses remédios podem apresentar diversos efeitos colaterais como dores de cabeça, tontura e até mesmo visão turva. Havendo muita contra indicação.

Muitos consideram apenas um mito, contudo, é cientificamente comprovado que alguns alimentos são conceituados “afrodisíacos”, por serem capazes de estimular a libido através do aroma, sabor ou até mesmo por provocarem reações hormonais que favorecem as mais diversas sensações de prazer. Por isso, o ideal para ajudar o seu corpo é usufruir de ativos naturais. “Opções que não prejudicam à saúde do paciente”, explica o médico. O especialista separou algumas dicas naturais que ajudam na libido:

Maca Peruana: Ela é fonte de aminoácidos, iodo, ferro e magnésio. Apresenta propriedades que estimulam o desejo sexual, promove a libido, aumento da fertilidade e desempenho sexual;

Tribulus Terrestris: A protodioscina é um fitoquímico clinicamente comprovado para auxiliar no desejo sexual e melhorar a ereção através da conversão de protodioscina para DHEA (De-Hydro- Epi-Androste­rone);

ICARIIN: Um ativo botânico muito utilizado pelos chineses para desativar a enzima responsável por diminuir a resposta sexual masculina;

Abacate e castanhas: Como qualquer gordura boa, eles auxiliam a produção de hormônios sexuais;

Pimenta: causa reações no corpo como a elevação da frequência cardíaca e sanguínea e sudorese, que são muito semelhantes as sensações vivenciadas no ato sexual, fazendo da pimenta um alimento afrodisíaco.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This div height required for enabling the sticky sidebar