Nossa 4 filhos? Como você da conta? - Mulher Conectada

Nossa 4 filhos? Como você da conta?

Olá conectadas e conectados, tudo bem? 
No post de hoje vou falar um pouquinho sobre a "minha" experiência em ser mãe de 4 filhos, recebo muitas, mas muitas perguntas mesmo sobre isso, e nesse exato momento em que todos por aqui dormem (são 23:00 hs ) resolvi vim papear com vocês sobre, na verdade é um resumo para responder como dou conta de tantos filhos, se eu for falar em detalhes da um livro, rs.
Tenho 33 anos e 4 filhos, SIM, 4 filhos liiindos!


São 2 casais, Brenda de 15 anos, Pablo de 11 anos, Rafael de 9 anos e Nicoli minha raspinha do tacho de 6 aninhos, a primeira frase que escuto SEMPRE é "Nossaaa, você é corajosaa", na verdade gente não é coragem não, foi falta de juízo mesmo kkk, não planejei ter 4 filhos, maridón e eu sempre nos "entendemos" tão bem sabe hehe, que se eu não tivesse operado acho que tínhamos tido uns 20 como minha vó, fico me perguntando como minha Vó deu conta de parir tanto filho!
Pois bem, não foram planejados, porém sempre foram e serão muito amados, eu e meu marido sempre fomos muito responsáveis com nossos filhos, matamos e morremos por eles. 
Me perguntam como faço, se é difícil, como dou conta.
Não tenho segredo na educação dos meus filhos, meu marido sempre me ajudou muito, sempre me apoiou, sempre fez tudo que pode por nós e isso é o mais importante, quando estou muito cansada ele assume o comando, tenho em casa além de marido, um amigo e companheiro que nunca me deixou cuidar sozinha da casa ou dos filhos, quando estou estressada com a correria marido olha as crianças e libera pra tomar chop com as "zamigas" por exemplo.
Não foi sempre assim, por um logo tempo eu me privei de muita coisa e me sobrecarreguei, por um tempo eu fiquei bem mal, queria dar conta sozinha da casa, marido, filhos, esqueci de mim, parei de fazer tudo que eu gostava para deixar tudo sempre impecável, aos poucos, com o passar dos anos a gente amadurece, e com a ajuda do marido eu aprendi que em primeiro lugar eu preciso cuidar de mim, me sentir bem, feliz, fazer o que eu gosto, parar de ficar neurótica por casa limpa, o tempo voa, os momentos devem ser aproveitados e a casa?
A casa sempre vai estar lá pra limpar.
Por um bom tempo  deixei de ser eu mesma para passar a impressão de mãe perfeita, deixava de fazer várias coisas com medo do que iriam dizer, afinal, eu sou mãe, e mãe não pode fazer nada né?
Ainda bem que tenho meu marido que me fez mudar esse pensamento, eu sou esposa, mãe e mulher, gosto de tatuagens, de artesanato, de fazer artes, gosto de Pitty, patins, chocolate, saio para as baladas com marido, gosto de dançar até amanhecer, gosto de novidades, tendencias, gosto de inventar, inovar.
Se você tem filhos e está se sentindo só, sem rumo, sem utilidade, pare agora mesmo e pense no que você está fazendo de errado, se olhe no espelho, se valorize, deixa a casa pra depois, vai fazer algo que você gosta muito mais esqueceu porque a maternidade te deixou no automático.
A questão não é ter 1, 2, 3 ou 4 filhos, a questão é como você deixa isso limitar você.
Como diz o ditado, "gente feliz não enche o saco", e você tá feliz???
Não se culpe por querer sair de vez em quando sem seu filho, por querer um tempinho pra você, você não vai ser menos mãe por isso.
Esse ano pela primeira vez meu marido me convenceu a deixar as crianças passarem as férias de julho na casa das avós, ficaram 20 dias longe de mim, no primeiro dia acordei com um vazio, chorei, peguei o telefone e liguei na casa da minha sogra e as crianças estavam se acabando de tanto brincar, casa de vó já sabe né?! Eles fazem o que querem, e como diz meu marido, ta com as avós estão bem cuidados, não tenho o porque me preocupar, foram 20 dias com meu marido, descansando, passeando, curtindo momentos só nosso, melhor coisa que ele me convenceu a fazer, as crianças voltaram da casa da vó felizes da vida e eu e maridón estávamos com nosso emocional descansado e renovado para nossa rotina, quem tem filhos sabe o quanto exige da gente e quanto é corrido.
A questão é, não importa a quantidade de filhos, mais como você tem aproveitado seu tempo, casa e filhos não são responsabilidades só nossa não, marido tem que ajudar, filhos tem que desde cedo ajudar também, aprenda a dividir as tarefas que sobrecarregam você, pra mim no início não foi fácil porque sempre gostei de tudo do meu jeito sabe? Hoje posso dizer que foi um das principais mudanças que tive que fazer para conseguir ficar bem, fisicamente e emocionalmente.
Continua corrido, sempre, porém hoje faço tudo com mais alegria, menos estress e com ajuda do marido vou conciliando casa, filhos, blog, trabalho e cuidando de mim, mudei as prioridades, aceitei que nunca serei a perfeição como mãe ou esposa e que é exatamente assim que sou amada, entendi que posso ser mãe e mulher também e que a a faxina pode ficar pra amanha, mais hoje a prioridade é cuidar de mim, curtir os filhos e amar muito o maridón.  
E você? Como concilia sua rotina com seus filhos(as)?

Nenhum comentário:

Postar um comentário